Galeria Multimédia

Pesquisar
Valor de ScvO2, lactato e clearance de lactato

Richard Beale

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Triagem do doente crítico: como otimizar?

Paulo Maia

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Síndrome de refeeding – como diagnosticar e tratar

Flávia Machado

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Sedação e desmame: são incompatíveis!

Fernando Osni Machado

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Referênciação e transporte secundário

Miguel Soares de Oliveira

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Recrutamento alveolar – CON

Fernando Osni Machado

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Quando paro antibioterapia no doente crítico

Pedro Póvoa

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Quando e como uso o catéter de Swan-Ganz

Fernando Dias

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Quando e como prescrevo SLED

Silvina Barbosa

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Quando como faço VNI no desmame

Alberto Barros

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Qual o papel da craniectomia descompressiva no AVC e trauma

Jorge Paranhos

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Podem os PDMS aumentar a segurança

Fernando Rua

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Os biomarcadores nas infeções fúngicas

José Manuel Pereira

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

O Panorama Brasileiro

José Mário Teles

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

O modelo da Região Autónoma dos Açores

Humberto Costa

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

O modelo da Região Autónoma da Madeira

José Júlio Nóbrega

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

O doente estável vs o doente instável

Álvaro Moreira da Silva

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Nutrição na Sépsis 2012 – “state of the art”

Flávia Machado

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Monitorização Respiratória no ARDS

Fernando Rua

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Monitorização multimodal no doente neurocrítico

Silvina Barbosa

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Monitorização Hemodinâmica no ARDS

Ederlon Rezende

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Indicadores Europeus de segurança e qualidade no Doente crítico

Ana Cristina Diogo

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Indicação e timing da cirurgia

Ângelo Lucas Nobre

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Imunonutrição

Ederlon Rezende

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Hipotermia no neurocrítico – PRO

Celeste Dias

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Hipotermia no neurocrítico – CON

Jorge Paranhos

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Hemorragia subaracnóideia-Guidelines e Conferência de Consenso

Odin Barbosa

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Há lugar para a antibioterapia inalada?

José Manuel Pereira

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

Guidelines de utilização de colóides

Richard Beale

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos

ETE contínuo e intermitente

Ciro Leite Mendes

III Congresso Luso-Brasileiro de Medicina Intensiva

6 a 8 de Maio de 2012

Vila Galé Lagos