Fundamental Critical Care Support

Introdução

O FCCS (Fundamentals Critical Care Support) visa melhorar a qualidade da abordagem inicial do doente crítico.

Criado nos EUA pela Society Critical Care Medicine, existe em Portugal desde 2001, sob a orientação da Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos (SPCI), que investiu grande esforço em iniciar um programa de ensino que se tornou já num padrão da formação pós-graduada no nosso país, sendo recomendado pelos Colégios da Ordem do Médicos de Medicina Interna, Anestesiologia, Medicina Intensiva e Medicina de Emergência.

Os cursos FCCS são realizados em mais de 40 paises de todos os continentes, tendo formado mais de 50 000 profissionais de saúde no mundo inteiro.

Para que os cursos sejam validados, é obrigatório o respeito pelos padrões estabelecidos internacionalmente pelo FCCS.

Objectivos

  • Preparar o não intensivista para as primeiras 24 horas de tratamento do doente crítico.
  • Ajudar o não intensivista a tratar da deterioração súbita do doente crítico.
  • Estabelecer as prioridades de avaliação do doente crítico.
  • Seleccionar testes diagnósticos apropriados.
  • Identificar e responder a alterações significativas no doente instável.
  • Reconhecer e iniciar o tratamento de situações potencialmente fatais.
  • Determinar a necessidade de transferência e preparar o profissional para o transporte.

Programa

1º Dia

08hRegisto – entrega do pré-teste
08h15Introdução: apresentação do curso FCCS
08hAbordagem do doente crítico
09hVia aérea
09h30Ressuscitação cardiopulmonar e cerebral
10hMonitorização hemodinâmica
10h30Coffee break
11hChoque: diagnóstico e tratamento
11h30Insuficiência respiratória aguda: diagnóstico e tratamento
12hSuporte neurológico
13hAlmoço
14h30Ventilação mecânica I
15hVentilação mecânica II
15h30Skill stations
  • Via aérea
  • Acesso vascular
  • Ventilação mecânica A
  • Ventilação mecânica B
17hCoffee-break
19hEncerramento do primeiro dia

2º Dia

08hTrauma e queimados
08h30Isquemia e enfarte do miocárdio
09hInfecção grave
09h30Cuidados intensivos obstétricos
10hConsiderações sobre o doente pediátrico
10h30Coffee break
11hDistúrbios electrolíticos e metabólicos
11h30Considerações especiais
12hÉtica
12h30Almoço
14hSkill stations
  • Trauma
  • Acesso vascular
  • Cardiovascular
  • Ventilação mecânica D

17hCoffee-break
17h30Teste de escolha múltipla
19hEncerramento do Curso

Recursos

O Manual é entregue após confirmação da aceitação da inscrição. Elaborado pela Society Critical Care Medicine, com o apoio de várias instituições, sistematiza a abordagem do doente crítico com especial ênfase para a fisiopatologia e tratamento das diferentes situações. Abarca temas como:

  • Reconhecimento e avaliação do doente crítico
  • Manutenção da via aérea
  • Ressuscitação cardiopulmonar/cerebral
  • Diagnóstico e tratamento da insuficiência respiratória aguda
  • Ventilação mecânica
  • Monitorização da circulação sanguínea, oxigenação e estado ácido base
  • Diagnóstico e tratamento do choque
  • Suporte neurológico
  • Abordagem e tratamento básico de trauma e queimadura
  • Síndromes coronárias agudas
  • Infecções potencialmente fatais: Diagnóstico e selecção da antibioterapia
  • Conduta nos distúrbios electrolíticos e metabólicos potencialmente fatais
  • Considerações especiais
  • Cuidados intensivos na gravidez
  • A ética na medicina intensiva
  • Cuidados intensivos em bebes e crianças: Noções básicas

Coordenadores Nacionais FCCS

Paulo Maia | Porto
Raquel Monte | Porto

Galeria de Fotos

Informações úteis

O Curso FCCS tem 2 dias de duração (1/2+1+1/2), com um forte componente prático, pelo que o número de inscrições é limitado a 40 por curso.

A SPCI organiza normalmente 6-8 cursos FCCS por ano. Os próximos Cursos são:

  • 12 e 13 de Novembro Lisboa
  • 15 e 16 de Novembro Vila Real

Valor do Curso

  • Sócio: 400 euros
  • Não Sócio: 500 euros

No valor está incluido o almoço e pausas para café.
Para efectuar pré-inscrição preencha o formulário online ou contacte a SPCI.
Na pré-inscrição é pago sinal de 200 euros, não reembolsável.
As candidaturas excedentes serão consideradas por ordem de inscrição para futuros cursos.

Apoios